ACESSAR MARKETPLACE

Como vender a carta de crédito contemplada?

3/27/2022 Paulo Amaro Da S. M. Santos

Você pensa em fazer um consórcio ou já tem um? Então temos uma ótima notícia para você. Sabia que você pode transformar o seu consórcio em um excelente investimento, um dos mais lucrativos que existe? Simplesmente com a venda da carta contemplada.

É o seguinte, em vez de você utilizar o crédito quando você for contemplado, você vende essa carta  que já está contemplada para outra pessoa assumir, coloca um baita dinheiro na sua conta e ainda ajuda alguém que não tem tempo suficiente para participar e um grupo de consórcio e não quer pagar montanhas de juros com um financiamento.

Vender sua carta de crédito pode ser um investimento lucrativo, clique aqui para vender

Tem gente que acha isso muito complexo e difícil, mas na verdade, é o contrário. Para você ver, acompanhe esse artigo até o final, pois vamos trazer um exemplo prático de como transformar o seu consórcio nesse investimento lucrativo.

Se você quer vender uma carta de crédito contemplada, saiba que é possível, e aqui vamos explicar quais os trâmites legais para fazer um bom negócio.

Muitas vezes você pode ter sua carta de crédito contemplada mas não querer mais o bem e acaba perguntando para familiares se alguém quer comprar. Mas de uma maneira geral, se você não possui ninguém próximo que esteja interessado, como fazer para vender essa carta de crédito contemplada? Quem pode ajudar?

Vamos destrinchar tudo isso para você!

É possível vender uma carta de crédito?

Você deve estar se perguntando, mas essa venda é legal? Existe golpe? Realmente você tem que tomar muito cuidado, existem algumas coisas ilícitas no mercado. Como em qualquer grande mercado, o consórcio não fica de fora disso. Mas sim, a resposta é positiva, é sim legal, e isso está descrito na legislação, na 11/795 de 2008 do banco central, que permite você fazer a transferência da sua carta de crédito a qualquer momento, seja antes dela estar contemplada ou depois da contemplação.Sim. Vender sua carta de crédito é possível e legal perante a lei.

Quem tem um consórcio já contemplado para vender tem um produto extremamente valioso em mãos, então saiba que é possível realizar uma grande negociação na qual você terá diversas vantagens.

O segredo é saber aproveitar essa oportunidade da melhor forma possível e analisar se essa operação faz sentido para você.

Existem diversas razões que podem te fazer não querer mais utilizar aquele consórcio já contemplado, podendo assim transformar ele em dinheiro, e a seguir vamos destrinchar alguns motivos que podem te levar a querer vender sua carta de crédito já contemplada.

Por que vender a carta de crédito contemplada?

Como foi dito, existem diversas razões que podem te levar a não querer mais aquela carta de crédito, logo, a melhor opção é vende-la.

Mas que razões são essas? A mais comum de todas é quando você simplesmente mudou seus planos e não precisa ou não quer mais aquele carro ou aquele imóvel que pretendia possuir.

Isso pode acontecer por que você vai mudar de país, de emprego, de cidade, e por aí vai. Qualquer mudança na sua vida pode fazer com que aquele bem não faça mais sentido para você.

Você também pode querer negociar a venda de sua carta de crédito porque mesmo após já poder utilizar o bem, teve algum imprevisto na sua vida e não consegue mais arcar com o pagamento mensal das parcelas, quem vem comprometendo sua renda de forma relevante.

As três situações em que vale a pena vender a carta de crédito já contemplada

Mas também existe outra possibilidade, que é quando você vai vender seu consórcio contemplado visando ter lucro na operação. Sim, é possível vender sua carta de crédito por um preço acima do valor já pago. Na verdade, isso é bem comum.

Bom vamos lá, primeiramente você tem que saber que para ter lucro na venda da sua carta de crédito, é preciso se sorteado nas primeiras assembleias. Antes de entrar nos detalhes, você precisa entender como funciona uma carta contemplada.

Basicamente a contemplação no seu consórcio é o direito de utilizar o fundo comum arrecadado na administradora do grupo. Você pode utilizar a qualquer momento. Uma carta contemplada tem um valor de mercado maior que uma carta não contemplada, por isso, ela te da vantagens na venda para pessoas que tem mais pressa.

Então é bem simples, você faz a venda da sua carta contemplada e a pessoa que ta assumindo essa carta de crédito vai utilizar para comprar o bem que ela precisa e continuar pagando as parcelas, simples assim.

Vale lembrar que vender um consórcio contemplado é uma opção de crédito à vista, então quem precisa de dinheiro urgente e tem uma carta de crédito, deve considerar vender a mesma.

Se você possui uma carta de crédito e está a procura de ter lucro na venda, mais a frente deste artigo nós explicaremos como ao detalhar as dicas na hora de vender sua carta de crédito.

Como vender a carta de crédito?

As cotas contempladas podem ser comercializadas e existem diversas empresas interessadas nesse produto. Mas não se esqueça de buscar sempre uma empresa idônea, que vai realmente cumprir todas as etapas de uma venda de uma carta de crédito já contemplada para que você tenha segurança na negociação.

Para ter segurança é importante você ter as informações atualizadas da sua cota e não esquecer de exigir um contrato de negócio.

Hoje, a venda pode ser feita de duas maneiras. A primeira delas é você de fato estar transferindo a cota para a empresa compradora após a analise do cadastro do cessionário. Uma vez aprovado será pago a taxa de transferência.

Pago a taxa, é emitido o termo de transferência da cota, posteriormente se assina o termo, se recebe o valor combinado pela negociação e então a cota é transferida para o novo titular que vai assumir as obrigações do contrato daquele consórcio com a Administradora.

A outra forma é venda através de procuração pública e especifica. Somente faça esse tipo de negociação tendo um contrato de negócio documentando todas as informações referentes a negociação. Uma vez feito. o contrato, temos um modelo de procuração especifica que vai servir apenas para negociação daquela cota.

É uma procuração com poderes para que o novo titular ou a pessoa que comprou sua cota consiga posteriormente fazer todo o processo de transferência na administradora.

Essa procuração vai conter grupo, cota, e os poderes que você vai dar ao novo cessionário. O procurador, em seu nome, vai conduzir todo o processo de transferência. Então dessas duas formas você consegue negociar sua carta de crédito contemplada.

É importante conhecer profundamente a empresa que você está negociando, isto é, tempo de mercado, avaliações no Google, no Reclame Aqui e nas redes sociais. Dessa forma pode evitar cair em golpes.

Dicas para vender a carta de crédito já contemplada

Existem duas vertentes relacionadas a venda de um consórcio já contemplado. A primeira delas é quem quer vender um consórcio já contemplado por lance e a segunda é quem quer vender um consórcio já contemplado por sorteio.

Ambas delas são distintas e farão sentido para você em ocasiões totalmente diferentes. Acreditamos ser muito importante você saber disso, logo, vamos explicar detalhadamente:

Venda de cota contemplada por sorteio

A venda de carta de crédito contemplada por sorteio faz sentido principalmente para você que quer ganhar um dinheiro, ter lucro com a comercialização da cota, quando ela se faz no início, nas primeiras assembleias.

Nesse momento você consegue ganhar algo acima do que você já pagou, que é o que chamamos de ágio, uma vez que a cota é precificada no mercado para revenda com uma entrada na casa dos 15% do valor do crédito.

Logo, se você pagou menos pela sua cota, quanto antes você vender, maior o seu resultado na operação de venda da carta de crédito. Quanto antes você vender, maior o seu lucro.

Venda de cota contemplada por lance

A possibilidade de lucro acaba sendo menor na venda de uma carta de crédito contemplada por lance.

Isso porque o valor pago de lance mais aquilo que você já pagou nas parcelas vai deixar essa cota com uma entrada muito alta.

Nesses casos, na maioria das vezes, quando você vai vender, não irá conseguir nem mesmo reaver na totalidade aquele valor que você já pagou. Isso porque existe uma limitação na hora de revender as cotas. O valor de entrada na revenda não pode ser muito alto.

No caso, esse valor de entrada é baseado no valor já pago naquela carta. Dado essa informação, você que quer vender sua carta de crédito contemplada, que venda o quanto antes, pois assim maior a sua chance de ganho, de um bom resultado financeiro na operação.

Quem compra cartas de crédito?

As cotas contempladas hoje podem ser comercializadas e como já foi dito é um mercado lícito. Apesar dos motivos que fazem alguém realizar a venda serem diversos, pouco se sabe do processo. Se eu quiser vender minha carta de crédito, quem eu procuro? Anuncio no jornal? Procuro nas redes sociais? No Google?

Algumas empresas fazem esse tipo de operação, como a ConsorcioCred, por exemplo. Muitos clientes procuram a ConsorcioCred através de pesquisas no Google, através das redes sociais, do canal no Youtube e por aí vai.

Ao ser questionado sobre como funciona o processo de compra e venda de carta de crédito, Fabrício Lomonaco, CEO da ConsorcioCred, detalhou um pouco de como é feita a negociação:

Nós somos um site, um marketplace de consórcio na internet, em que coletamos as informações da cota. Junto com o extrato detalhado que o cliente vai nos enviar iremos avaliar o negócio, precificar a carta de crédito e então enviar uma oferta para o cliente de quanto pagaríamos“Fabrício Lomonaco

Posteriormente, ao ser questionado sobre o passo a passo depois que a proposta é aceita, o especialista completou:

A partir disso iremos formalizar a negociação através de um contrato de negócio, onde tudo que foi combinado com o cliente será documentado. Com o contrato assinado é dado inicio ao último processo que é o de transferência daquela cota para o novo titular e pagamento do valor acordado entre as partes“Fabrício Lomonaco

Vale lembrar que cada empresa terá o seu processo comercial, e o descrito acima, apesar de similar ao do padrão do mercado, é como a ConsorcioCred executa a maioria dos tramites da venda de uma carta de crédito já contemplada.

Quero vender minha carta de crédito!

Se o seu desejo depois de ler todas as informações presentes nesse artigo é vender sua carta de crédito, saiba que é muito simples vender para a ConsorcioCred! Compramos sua carta de crédito e pagamos à vista por ela no menor prazo do mercado.

Quer ter uma cotação? Basta clicar em “cadastrar sua carta de crédito” e preencher de forma completa o formulário da página. Após o preenchimento iremos responder no mesmo dia, caso tenha sido enviado em horário comercial.

Hoje somos a empresa melhor avaliada do seguimento pelos consorciados, onde em mais de 1000 negociações realizadas, nunca tivemos nenhuma reclamação no Reclame Aqui e conseguimos a melhor nota do Google no seguimento, com um índice de 100% de aprovação.

São mais de 19 anos de CNPJ, onde a cada dia mais buscamos ajudar e melhorar a vida dos consorciados. Não perca tempo e peça uma cotação agora!

Botão para vender sua carta de crédito

Quer receber mais informações sobre como vender seu consórcio?

Deixe seus dados e te enviamos!

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM

Compartilhe por:
Sugestões de posts para você

ConsorcioCred.com - Creci 119790 -
CNPJ: 05.099.104/0001-19

Rua São Bento 470 - SALA 410 - Centro - São Paulo - SP - CEP 01010-001

Ver no Google MapsPolítica de Privacidade