Consórcio Nacional Govesa é liquidado pelo Banco Central

11/25/2021 ConsorcioCred 0

O Bacen, órgão regulador e fiscalizador das instituições financeiras do país, decretou na última semana a liquidação extrajudicial da Govesa Administradora de Consórcios. A notícia foi divulgada no Ato n° 1.355 do presidente do BC, publicado dia 18/11/2021 no site da instituição. 

Segue a nota publicada na íntegra:

“O Presidente do Banco Central do Brasil, no uso das atribuições que lhe confere o art. 12, inciso XV, alínea “a”, do Regimento Interno, anexo à Portaria nº 84.287, de 27 de fevereiro de 2015, com fundamento no art. 15, inciso I, alíneas “a” e “b”, e § 2º, e no art. 16, ambos da Lei nº 6.024, de 13 de março de 1974, e no art. 39 da Lei nº 11.795, de 8 de outubro de 2008,

Considerando o quadro de comprometimento patrimonial e as graves violações às normas legais que disciplinam a atividade da instituição, conforme consta no PE 188054,

R E S O L V E :

Art. 1º Fica decretada a liquidação extrajudicial da Govesa Administradora de Consórcios Ltda., CNPJ 02.798.858/0001-79, com sede em Aparecida de Goiânia (GO).

Art. 2º  Fica nomeado liquidante, com amplos poderes de administração e liquidação, o Sr. José Eduardo Victória, carteira de identidade 13.655.923-2, SSP-SP, e CPF 017.214.808-11.

Art. 3º  Fica indicado, como termo legal da liquidação extrajudicial, o dia 20 de setembro de 2021.”

O que é uma liquidação extrajudicial?

Liquidação Extrajudicial é um instrumento jurídico que tem por intenção proporcionar o equilíbrio das finanças daquelas empresas que por uma razão ou outra se encontram próximas da falência.

É uma medida a qual tem o fim de que não seja decretada a falência de uma empresa que opera no mercado, garantindo assim que não falte credibilidade do público em relação ao órgão fiscalizador, no caso o Banco Central.

Ela pode ocorrer também em razão da instituição financeira ter violado gravemente as normas legais que regem e disciplinam a atividade do sistema de consórcios formulado pelo Banco Central do Brasil.

Portanto, se uma administradora de consórcio está sob o regime de liquidação extrajudicial, isso significa que existe a possibilidade de o liquidante, caso seja autorizado pelo Banco Central, requerer a falência da instituição.

Por que a Govesa foi liquidada pelo BC?

Segundo nota do Banco Central a liquidação ocorreu devido a violação das normas legais que regem a instituição e também por conta do grave comprometimento patrimonial da instituição financeira.

Com isso, conclui-se que a atividade da Administradora não garantiu os direitos básicos garantidos aos consorciados. Ao fazer uma breve pesquisa na internet para descobrir a opinião dos clientes da Govesa, vê-se que claramente a insatisfação é grande e que o desrespeito às normas previstas pelo Banco Central na Lei que rege o sistema de consórcios é constante.

Dentre as principais reclamações presentes no Reclame Aqui, estão as falsas promessas de contemplação e o péssimo atendimento nos canais de contato com o cliente.

O que acontece depois da liquidação de uma Administradora?

Após a decretação da liquidação extrajudicial, o liquidante iniciará o levantamento patrimonial da Administradora e da situação econômica e financeira dos grupos. Após o levantamento, publicará edital em jornal de grande circulação para habilitação de administradoras interessadas na transferência dos grupos de consórcio.

Havendo administradora interessada na transferência dos grupos, será convocada assembleia para decidir sobre a proposta.

A qualquer momento durante a liquidação extrajudicial, o liquidante, por solicitação de ao menos 30% dos consorciados ativos do grupo, também poderá convocar assembleia para deliberar a nova administradora do consórcio.

A nova Administradora poderá alterar a taxa de administração da Cota.

Mas o que acontece com os consorciados no geral?

Como ficaram os consorciados?

A decisão do Banco Central gerou muita apreensão entre os consorciados da Govesa. Quais são seus direitos? Vão perder o dinheiro investido?

Depende da situação financeira do grupo ao qual pertence o consorciado, a ser apurada pelo liquidante.

Um grupo de consórcio é composto por uma determinada quantidade de cotas. Cada grupo possui patrimônio próprio e é independente em relação aos demais grupos e à administradora de consórcios.

Numa liquidação, embora o consorciado tenha garantia do recebimento do crédito investido, o pagamento ou a devolução integral das quantias pagas dependerá da situação financeira e econômica do grupo ao qual pertence o consórcio. Isso significa que se não houver saldo suficiente, a devolução dos valores poderá ser parcial ou até mesmo não ocorrer.

Os consorciados que desistirem da cota após ser decretado o regime de liquidação extrajudicial serão tratados da mesma forma que os demais consorciados não contemplados. Não há pagamentos individuais antecipados por desistência.

Qual a importância de escolher uma Administradora com solidez?

Hoje no Brasil temos mais de 200 administradoras de consórcio. Administradoras com excelente reputação e outras nem tanto. Mas o que te dá a segurança no momento que você faz a contratação de uma cota?

Um indicador claro é a solidez econômica daquela Administradora. Para saber isso, vale a pena analisar: Quanto tempo ela tem de mercado? Quanto ela tem de caixa? Qual o número de contemplações por mês? Os grupos são sólidos, com liquidez, ou possuem inadimplência?

Saber a resposta de todas essas perguntas irá fazer com que sua decisão de compra seja bem feita, de forma que se escolha uma administradora com processos rápido, fácil, claro e de atendimento prestativo. 

Quando você vê um processo comercial realizado sem transparência e com falsas promessas de contemplação, vale a pena desconfiar.

Como a ConsorcioCred pode me ajudar?

Consultando um bom profissional, um bom consultor de negócios, será possível ser orientado para que você faça a aquisição da sua cota com confiança, de maneira confiável. O fundamental é você pesquisar e consultar quem tem experiência no assunto para que seja apresentado todas as possibilidades.

A ConsorcioCred é uma empresa sólida, idônea e especializada na venda de consórcios contemplados e na compra de cotas de qualquer tipo. Em mais de 19 anos de história, já tivemos mais de mil clientes satisfeitos com nosso atendimento. Além disso, somos a empresa melhor avaliada do segmento no Google e não temos nenhuma reclamação no Reclame Aqui. Peça ajuda a ConsorcioCred, entre em contato pelo Whatsapp.

Compartilhe por:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Comentarios

Consorciocred

ConsorcioCred.com - Creci 119790 -
CNPJ: 05.099.104/0001-19

Rua São Bento 470 - SALA 410 - Centro - São Paulo - SP - CEP 01010-001

Ver no Google MapsPolítica de Privacidade