Desempenho do mercado de consórcio em 2018

O ano de 2018 foi repleto de acontecimentos importantes: a Copa do Mundo de Futebol, a greve dos caminhoneiros e as eleições para presidente, que acabaram impactando, em menor ou maior grau, a economia do país. Em meio a isso tudo, o desempenho do mercado de consórcio em 2018 registrou o melhor índice da história quando comparado aos anos anteriores a partir de 2014.

Desempenho do mercado de consórcio em 2018

Segundo a ABAC (Associação Brasileira de Administradoras de Consórcio), foi contabilizada a entrada de 2,6 milhões de novos consorciados, 9,2% a mais do que em 2017, cerca de 2,38 milhões. O setor de veículos leves, principalmente motocicletas, foi um dos que mais cresceu em 2018, com alta de 18,9%. Já o segmento de veículos pesados apresentou alta de 24,5% na venda de cotas.

Apesar da queda de 4% no tíquete médio anual, que girou em torno de R$ 40,86 mil, o faturamento do sistema de consórcios foi de R$ 106,08 bilhões, valor 4,6% maior do que o alcançado em 2017 e o melhor desempenho já registrado no país.

Com crescimento constante de janeiro a dezembro, o consórcio fechou o ano de 2018 com 7,13 milhões de consorciados ativos, 3,8% a mais que os 6,87 milhões de dezembro de 2017.

Os créditos liberados aos contemplados registraram aumento de 1,3% em relação a 2017. Enquanto naquele ano o total atingido foi de R$ 39,9 bilhões, em 2018 foi de R$ 40,43 bilhões. Estes resultados confirmam a relevância do consórcio para a economia do país, que possibilita a compra de bens e serviços, movimentando a economia.

No setor de motos os créditos injetados no mercado interno pelas contemplações resultaram em uma a cada duas unidades vendidas. Já na indústria automobilística, os veículos leves, que incluem automóveis, camionetas e utilitários, resultaram em um a cada quatro automóveis comercializados.

Com mais de R$ 106 bilhões em negócios, resultado de aproximadamente 2,6 milhões de adesões, o número de contemplações chegou a quase a 1,2 milhão de consorciados, inserindo mais de R$ 40 bilhões no setor produtivo.

“Com todas as dificuldades enfrentadas no ano passado, o Sistema de Consórcios mostrou que continua sendo a alternativa mais simples e econômica para muitos consumidores”, explica Paulo Roberto Rossi, presidente executivo da ABAC Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios.

“O crescimento das adesões em cinco dos seis setores na qual a modalidade está presente, aliado a tíquetes médios de maior valor, confirmou o comportamento mais focado dos interessados no planejamento e no gerenciamento das finanças, de acordo com os conceitos básicos da educação financeira”, complementa.

A expectativa para 2019 é a de repetição do crescimento acontecido em 2018. O otimismo, presente em quase todos os setores da economia brasileira, tem contagiado os consumidores.

Considerando também o cenário positivo do controle da inflação, divulgado pelo Banco Central, o crescente Índice de Confiança do Consumidor, medido pela Fundação Getúlio Vargas – FGV e a redução no endividamento das famílias, incluindo-se a queda do número de pessoas com dívidas em atraso com um aumento da consciência em relação à administração das finanças pessoais e consumo, torna-se importante que o mercado ofereça facilidades para estimular a concretização de novas conquistas.

“O Sistema de Consórcios, criado há mais de 55 anos, está cada vez mais atual e presente. Simples e com baixo custo, tem no planejamento o diferencial de sua estratégia de sucesso para aquisição de bens ou contratação de serviços, apoiando-se basicamente na essência da educação financeira”, afirma Rossi.

“Tudo parece contribuir para a retomada das atividades econômicas. Com os segmentos industrial, comercial e de serviços sinalizando recuperação e consequente diminuição de ociosidades, podemos vislumbrar que o Sistema de Consórcios, importante fator na realização de objetivos de forma planejada, terá maior procura”, adianta o presidente executivo da ABAC. “Acreditamos que as perspectivas são bastante otimistas para o mecanismo, especialmente se repetirmos, no decorrer deste ano, os mesmos percentuais de crescimento registrados em 2018”, finaliza.

O consórcio tem se mostrado, com o passar dos anos, um excelente negócio e uma maneira fácil e descomplicada de comprar um bem móvel/imóvel ou serviços investindo menos através de uma poupança planejada sem sentir impacto no orçamento, já que o consorciado tem total ciência do quanto investirá mensalmente. Mais do que nunca, se torna imprescindível comprar uma cota de consórcio ou carta de crédito contemplada junto a uma empresa idônea, sólida, com experiência no mercado e de reputação ilibada. Só ela pode avalizar 100% a compra para que você tenha a garantia e a segurança de realizar o melhor negócio. Antes de adquirir um consórcio é imprescindível procurar uma administradora autorizada pelo Banco Central e analisar os diferentes planos disponíveis.

No ano de 2018 uma das empresas que mais se destacou nesse setor foi a ConsorcioCred, empresa bastante conceituada, referência no mercado de consórcios, especializada em consórcios e cartas de crédito contempladas e que há anos vem realizando o sonho de milhares de brasileiros com excelência, responsabilidade e seriedade. Entre em contato conosco e fale com um de nossos especialistas.

Share this: