ACESSAR PLATAFORMA

Posso pegar dinheiro ao invés de um bem no consórcio?

8/16/2022 Paulo Amaro Da S. M. Santos

Já ouviu falar sobre a possibilidade de resgatar o dinheiro da sua carta de crédito do consórcio em espécie? Sabia que isso é possível? Confira as regras para saber como funciona.

Quem faz um consórcio, normalmente, o faz com o objetivo de ser contemplado o quanto antes para assim adquirir aquele bem que tanto sonhou. Mas, pode ser que, com o passar dos anos, os planos mudem no meio do caminho e surja a necessidade de resgatar o dinheiro do consórcio na sua conta corrente, já que aquele bem não irá mais servir para você.

Mas será que é possível fazer isso mesmo? Esta e outras questões serão respondidas, a seguir.

Posso resgatar o valor da minha carta de crédito em dinheiro?

Sim, resgatar o crédito do consórcio em dinheiro é uma possibilidade real. Para isso, é necessário que se obedeça todos os requisitos estabelecidos pelas regras do Banco Central que gerem o sistema de consórcios.

A Circular n° 3.432, do BACEN, diz que o consorciado contemplado tem direito a receber o valor em dinheiro da sua carta de crédito desde que tenha quitado o saldo devedor da cota, e somente após 180 dias da contemplação. Isto é, 6 meses depois da contemplação e com a carta quitada, o consorciado tem como opção resgatar o valor em dinheiro.

Se o grupo pelo qual a pessoa faz parte for encerrar antes desse prazo de 180 dias, a administradora terá que disponibilizar em no máximo 60 dias o crédito em espécie.

Vale ressaltar que quando você é contemplado, se a carta não estiver quitada e não tiver passado 180 dias da contemplação, o pagamento do valor da carta de crédito não é feito em dinheiro e sim diretamente ao dono do bem que vai ser adquirido.

E a mudança do Banco Central com a circular 4009?

Na crise do coronavírus e do isolamento social que vivemos, o consórcio se adaptou, de forma que houveram algumas mudanças no sistema de consórcio implementadas para que você consorciado pudesse continuar dentro do seu plano de consórcio na realização do seu sonho ou seu projeto. Quando a pandemia começou, em 2020, o banco central publicou a circular 4009 que explica na integra todas as alterações no sistema de consórcio causadas pela pandemia.

Basicamente, de forma resumida, a mudança que mais se destacava era a possibilidade de receber os valores da carta de crédito em espécie ou debitados na conta de mesma titularidade do consorciado sem ter que esperar o prazo de 180 dias.

O problema é que agora essa circular já acabou. E como fica a situação dos consorciados? Eles ainda podem requerir em espécie o valor das suas cartas de crédito contempladas? Sim, mas sob as mesmas regras de antes, as previstas na Circular n° 3.432.

É o consorcio se adaptando ao meio em que vivemos para continuar ajudando os consorciados do País a manterem seus sonhos ativos. Os banco estão mais exigentes na análise de crédito, de forma que existe uma escassez de crédito no mercado. Logo, essa possibilidade dada pelo banco central ajudou muita gente a amenizar a crise financeira do país, proporcionando a aqueles que precisam de liquidez imediata uma opção de crédito.

Como sacar o valor em espécie da carta de crédito?

Mas afinal, como faz para sacar o valor em espécie da carta de crédito? Isso depende de Administradora para Administradora. Vamos relatar para vocês alguns pontos de maior importância.

Quem pode solicitar o dinheiro

O titular da cota que já tiver sido contemplado a mais de 180 dias e que tenha cumprido todas as obrigações com o grupo e com a administradora do consórcio, senão não é possível!

Como solicitar o dinheiro

As administradoras estão fazendo o pagamento em espécie dos valores dos consorciados contemplados e quitados através de solicitações por meio dos canais digitais de atendimento. Pode ser através de Whatsapp ou por meio de canal de atendimento via chat.

Como será feito o pagamento dos valores

Após o registro da sua solicitação, as administradoras estão levando cerca de três dias úteis para fazer o depósito na conta corrente do consorciado. O dinheiro é depositado na sua conta corrente.

Onde usar o dinheiro que pegar no consórcio?

Quem preferir pegar o dinheiro do consórcio ao invés da carta de crédito pode usar o recurso como quiser. As opções são diversas:

  • Seguir com a compra de outro bem e/ou serviço;
  • Usar o dinheiro do consórcio para realizar outro tipo de sonho totalmente diferente;
  • Pagar alguma dívida;
  • Guardar o dinheiro em uma aplicação de boa rentabilidade.

Qual a desvantagem de resgatar o crédito em dinheiro?

Se o consorciado não for usar o crédito para adquirir um bem depois de ser contemplado, será preciso que ele análise se compensa ou não resgatar o crédito em espécie.

Muitas pessoas, por mais que não vão utilizar o bem, não podem esperar os 180 dias para receber o valor da carta de crédito, pois elas tem urgência e precisam de dinheiro imediato. Cada consorciado deve ponderar a sua situação.

Se você não pode esperar, uma possibilidade é tentar realizar a venda da sua carta de crédito para alguma empresa disposta a te pagar algum valor à vista, de imediato.

Nós da ConsorcioCred compramos sua carta mesmo depois de contemplada e pagamos à vista em um prazo super curto! Para isso basta clicar em "vender consórcio".

Se o seu objetivo é procurar um investimento financeiro visando aumento de patrimônio, o mais indicado é observar todas as opções possíveis.

Depois de aprender mais sobre como é possível resgatar consórcio em dinheiro, que tal aproveitar para fazer uma simulação no site do ConsorcioCred? É rápido e fácil!

Entre em contato conosco e conheça todas as vantagens de negociar com a ConsorcioCred, parceira oficial da Porto Seguro, uma das maiores administradoras de consórcios do Brasil.

Clique aqui para simular a aquisição do seu consórcio

Quer receber mais informações sobre Consórcios

Deixe seus dados e te enviamos!

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM

Compartilhe por:
Sugestões de posts para você

ConsorcioCred.com - Creci 119790 -
CNPJ: 05.099.104/0001-19

Rua São Bento 470 - SALA 410 - Centro - São Paulo - SP - CEP 01010-001

Ver no Google MapsPolítica de Privacidade