Após a Contemplação: O que fazer com o Crédito Contemplado

Por Paulo Amaro Da S. M. Santos17/05/2024 às 12:00
Atualizado em 17/05/2024 às 14:47
Fundo branco escrito: fui contemplado consorcio que fazer agora

Vamos falar sobre o procedimento após a contemplação, ou seja, contemplei a cota, e agora? Este artigo tem como objetivo orientar os clientes sobre as opções disponíveis após a contemplação de um crédito no consórcio.

O conteúdo irá fornecer informações valiosas sobre como utilizar o crédito contemplado de forma inteligente e estratégica, buscando atrair visitantes interessados em tomar decisões financeiras assertivas após a contemplação.

Na verdade, hoje, as administradoras desburocratizaram muito a análise de cadastro. Então, dessa forma, após a contemplação, a sua análise de cadastro é feita de maneira sistêmica na maioria das administradoras.

O próprio setor de análise cadastral já vai fazer a sua análise de crédito após a contemplação informando se você está aprovado para o o faturamento do seu bem ou não aprovado.

Contemplação no consórcio

Mas afinal, o que é o crédito contemplado? Quando somos contemplados em um consórcio, isso significa que nossa cota foi sorteada ou que nosso lance foi o vencedor em uma assembleia.

Com isso, temos acesso ao valor da carta de crédito para realizar a tão sonhada aquisição do bem desejado. É um momento emocionante e de muita alegria, pois é a concretização de um planejamento financeiro para a realização de nossos objetivos!

Fui contemplado no consórcio, e agora?

Agora, a grande pergunta é: como utilizar esse crédito contemplado? Bom, esse é um dos momentos mais esperados por quem participa de um consórcio! Após a contemplação, é hora de seguir alguns passos importantes para fazer uso do crédito e realizar o sonho almejado.

Reunir a documentação

O primeiro passo é reunir toda a documentação necessária, que varia de acordo com o tipo de consórcio e a administradora. Essa documentação é solicitada para garantir que o consorciado esteja apto a receber a carta de crédito e cumprir com as demais parcelas. É importante ficar atento aos prazos e enviar todos os documentos de forma completa e correta!

O consorciado deve ter conhecimento de que cada em cada tipo de consórcio é exigido uma documentação específica. Mas, existem alguns documentos padrões que são requeridos em todos. Esses documentos são:

  • cópia da carteira de identidade ou da Carteira Nacional de Habilitação (CNH);
  • cópia do Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou, se o contemplado for uma empresa, cópia do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ);
  • comprovante de residência atualizado e em nome do contemplado;
  • comprovante de renda.

A comprovação de renda varia de acordo com a atividade do consorciado. No caso, se for assalariado vinculado formalmente à CLT, basta apresentar o holerite dos últimos 3 meses.

Caso o consorciado seja um autônomo, será preciso mostrar uma cópia do DECORE ou da declaração do Imposto de Renda.

Para pensionista ou aposentado, será preciso apresentar o comprovante do recebimento do benefício.

A análise de crédito na grande maioria das administradoras, como foi dito, é feita automaticamente após a sua contemplação.

Comprovar sua renda

O consorciado, mesmo depois de contemplado, terá ainda que cumprir com a obrigação de realizar o pagamento em dia de todas as prestações restantes daquela carta.

Baseado nisso, as administradoras exigem algumas garantias de que as parcelas poderão ser quitadas ao longo do prazo do grupo para que assim se mantenha a saúde financeira do grupo.

Escolha do bem

Com a documentação em mãos e aprovada pela administradora, o próximo passo é a escolha do bem desejado. Nessa etapa, o consorciado deve indicar o bem que deseja adquirir, seja um imóvel, um carro ou qualquer outro bem contemplado pelo consórcio. Após a escolha, a administradora realizará uma vistoria, e, uma vez aprovada, o repasse do crédito é feito diretamente ao vendedor ou à empresa responsável pelo bem.

O consorciado irá entregar as informações referentes ao bem que será adquirido com a carta de crédito. Por exemplo, no caso da carta ser para a compra de um carro, deverá ser informado a marca, o modelo, o ano de fabricação, o número do chassi, dentre outras informações.

Se o bem a ser adquirido for um imóvel, a documentação exigida varia de acordo com se ele já está construído ou se será comprado na planta.

Antes de você escolher o bem que deseja adquirir e enviar os documentos, certifique-se que ele atende aos requisitos mínimos necessários, conforme previsto no seu contrato.

Faturamento do bem

Após a realização de todas as etapas acima, o consorciado terá possibilidades de efetuar a compra do bem. Sempre é bom lembrar que o dinheiro não será pago diretamente na conta do consorciado. A administradora do consórcio irá realizar o pagamento diretamente ao vendedor.

Fui contemplado no consórcio, preciso comprovar renda?

E se por acaso, após a contemplação, o crédito não for aprovado? Não se preocupe! Existem alternativas para comprovar renda e seguir com o processo. A administradora pode solicitar um devedor solidário, uma pessoa que se responsabilizará pela dívida em caso de imprevistos.

Essa pessoa precisa ter rendimentos superiores a três vezes o valor da parcela, e é essencial conversar bem com ela para esclarecer todas as condições e riscos envolvidos.

Essa medida é uma garantia que as administradoras possuem para assegurar que todos os integrantes contribuam para o fundo comum responsável pela entrega dos bens. O importante é seguir as orientações da administradora e buscar sempre soluções para alcançar o sonho desejado!

Ao nomear um devedor solidário, a documentação solicitada será a mesma das etapas iniciais.

Se, mesmo após todas as etapas de documentação, seu crédito não for aprovado e você não conseguir apresentar um devedor solidário, a contemplação pode ser cancelada pela administradora. Nesse caso, sua cota não será cancelada, e você ainda poderá continuar pagando as mensalidades e participando dos sorteios mensais. Porém, só poderá ter acesso à carta em um momento posterior.

Se encontrar-se nessa situação, a melhor opção pode ser vender sua cota, buscando uma alternativa para seguir com seus planos e objetivos financeiros.

chamada para Webinar gratuito sobre Como transformar seu Consórcio em Dinheiro com Fabrício Lomonaco, CEO da ConsorcioCred.

Opções disponíveis para utilizar o crédito contemplado

Quando o cliente é contemplado com o crédito no consórcio, ele tem diversas opções para utilizar esse valor de acordo com seus objetivos e desejos. Vamos conhecer algumas das principais opções disponíveis:

  1. Aquisição de Imóvel: Com o crédito contemplado, o cliente pode realizar o sonho da casa própria ou adquirir um imóvel para investimento. Seja um apartamento, casa, terreno ou até mesmo um imóvel comercial, o consorciado pode utilizar o crédito para a compra, pagamento à vista ou entrada de um financiamento imobiliário.
  2. Aquisição de Veículo: Se o objetivo é trocar de carro, comprar uma moto ou até mesmo um veículo para uso comercial, o crédito contemplado possibilita a aquisição do veículo desejado. É uma excelente opção para quem quer evitar os altos juros do financiamento tradicional.
  3. Serviços: Além de bens materiais, o crédito contemplado também pode ser utilizado para a contratação de serviços. Por exemplo, o cliente pode fazer reformas em sua casa, investir em um projeto profissional, realizar procedimentos estéticos ou até mesmo pagar por uma viagem dos sonhos.
  4. Investimentos: Para os mais planejados e estratégicos, o crédito contemplado também pode ser utilizado para investir em oportunidades de negócios ou projetos que tragam retorno financeiro. É uma forma inteligente de utilizar o valor conquistado para potencializar a renda.
  5. Quitação de Dívidas: Se o cliente possui dívidas pendentes, o crédito contemplado pode ser uma ótima opção para quitá-las e organizar sua situação financeira. Isso traz tranquilidade e alívio ao orçamento, permitindo uma nova fase de vida com as contas em dia.

Lembrando que, após a contemplação, é importante avaliar as possibilidades e definir o melhor uso para o crédito contemplado, sempre de acordo com as prioridades e metas pessoais. A administradora do consórcio está à disposição para fornecer todas as informações necessárias e auxiliar o cliente em cada etapa do processo.

Planejamento Financeiro: Como tomar a Melhor Decisão

O planejamento financeiro é de extrema importância antes de utilizar o crédito, especialmente no caso de consórcios, pois permite que o consorciado tome decisões conscientes e evite comprometer seu orçamento de forma inadequada. Planejar é essencial para garantir uma gestão financeira saudável e alcançar os objetivos desejados de forma mais tranquila.

Ao fazer um planejamento financeiro detalhado, o consorciado pode determinar com precisão a capacidade de pagamento das parcelas sem comprometer outras obrigações financeiras, como contas básicas, dívidas existentes e despesas essenciais. Isso evita que ele entre em uma situação de endividamento ou inadimplência, garantindo que o uso do crédito seja feito de forma responsável e sustentável.

Além disso, com o planejamento financeiro adequado, o consorciado pode estabelecer metas claras e realistas para a utilização do crédito. Ele pode definir prioridades, como adquirir um bem específico, realizar um investimento ou quitar uma dívida. Dessa forma, o crédito é utilizado de maneira estratégica para alcançar os objetivos financeiros de longo prazo.

Portanto, o planejamento financeiro é uma ferramenta essencial para garantir que o crédito seja utilizado de forma consciente e inteligente, trazendo benefícios reais para a vida financeira do consorciado. Com uma abordagem cuidadosa e estratégica, ele poderá aproveitar ao máximo as vantagens do consórcio contemplado, sem comprometer seu orçamento e garantindo a realização de seus sonhos e projetos.

Quanto tempo para retirar o bem depois de contemplado?

Essa é uma pergunta muito comum dentro do seguimento de consórcios, mas poucas pessoas tem essa informação de maneira clara.

Você não tem prazo para comprar o bem, seu crédito hoje fica aplicado. Atualmente estamos com um rendimento financeiro super interessante em função da alta na taxa Selic.

O rendimento fica incorporado ao crédito diariamente e você pode comprar o bem até o último dia de pagamento do seu grupo, que é o dia que encerra o seu grupo de consórcio. Você contrata um grupo de 100 meses, você tem até o mês número 100 para fazer a aquisição do bem se a sua cota estiver contemplada.

Quer receber mais informações sobre como vender seu consórcio?

Deixe seus dados e te enviamos!

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM

Se estiver no número 20, vão faltar 80 meses. você tem até o final do grupo para fazer a aquisição do seu bem. Findado o praz de pagamento das parcelas você pode converter aquele crédito em dinheiro e converter o valor na sua conta.

Eventualmente se você não procurar a administradora para receber esse dinheiro ele ficará retido lá. Inclusive eles cobram uma taxa de permanência sobre esse dinheiro até o dia que ele for procurado. Se procurado, você recebe o valor deduzido da taxa de permanência que é uma taxa significativa e bem alto.

Então o consorciado tem que saber que dia termina seu grupo para saber até quando ele precisa solicitar o pagamento do seu crédito na sua conta corrente, ou, eventualmente, saber que até o final do grupo ele consegue utilizar o crédito contemplado de consórcio para adquirir o bem.

Fui contemplado por lance, e agora?

Ser contemplado por lance em um consórcio é um momento muito importante e significa que você agora tem acesso à carta de crédito para adquirir o bem ou serviço desejado. Aqui estão os passos a seguir após ser contemplado por lance:

  1. Confirmação da Contemplação: Primeiramente, você receberá uma notificação da administradora do consórcio confirmando sua contemplação. É importante guardar todos os documentos e comunicações relacionados a essa contemplação.
  2. Confirmação e Documentação: Após o pagamento do lance, é importante guardar todos os comprovantes de pagamento e aguardar a confirmação da administradora de que o lance foi efetivamente registrado e que você foi contemplado.
  3. Utilização do Crédito: Uma vez que o lance é pago e você é oficialmente contemplado, a administradora irá orientá-lo sobre os próximos passos para a utilização do crédito para a aquisição do bem ou serviço desejado.

Lembre-se de que cada administradora de consórcio pode ter regras específicas para o processo pós-contemplação. Portanto, é fundamental ler atentamente o contrato e manter uma comunicação clara com a administradora para esclarecer qualquer dúvida.

Tempo para que o consorciado fature o bem com sua carta de crédito?

Isso varia de administradora para administradora. Algumas conseguem efetuar a análise de cadastro e faturamento de maneira mais rápida e outras dificultam essa análise com um processo muito mais burocrático.

Tem casos que conhecemos de cerca de dois meses para a conclusão do faturamento. Em outros casos, em 10 dias.

Hoje nós damos preferência para as administradoras que facilitam esse processo.

Posso resgatar dinheiro ao invés do bem?

Sim, é possível resgatar o crédito do consórcio em dinheiro, desde que todos os requisitos estabelecidos pelas regulamentações do Banco Central, que regem o sistema de consórcios, sejam cumpridos.

De acordo com a Circular n° 3.432 do BACEN, o consorciado contemplado tem o direito de receber o valor em dinheiro correspondente à sua carta de crédito, desde que tenha quitado integralmente o saldo devedor da cota e somente após 180 dias da data da contemplação. Ou seja, seis meses após ser contemplado e com a cota completamente quitada, o consorciado pode optar pelo resgate do valor em dinheiro.

Caso o grupo de consórcio ao qual o consorciado pertence encerre antes do prazo de 180 dias, a administradora tem a obrigação de disponibilizar o crédito em espécie em, no máximo, 60 dias.

Importante destacar que quando o consorciado é contemplado, mas sua carta de crédito ainda não está completamente quitada e não se passaram os 180 dias desde a contemplação, o pagamento do valor correspondente à carta não é realizado em dinheiro, mas sim diretamente ao proprietário do bem que será adquirido.

solicitar cotação

Quitar Dívidas ou Investir? Decisões Inteligentes com o Crédito Contemplado

Decidir entre quitar dívidas pendentes ou investir o crédito do consórcio contemplado é uma escolha importante e pode impactar significativamente a vida financeira do cliente. Para ajudá-lo nessa decisão, aqui estão algumas dicas e informações a considerar:

  1. Avalie a taxa de juros das dívidas: Verifique a taxa de juros das dívidas pendentes. Se as taxas forem altas, como em cartões de crédito ou empréstimos pessoais, é mais vantajoso quitar essas dívidas primeiro, pois elas tendem a acumular juros elevados e podem ser uma fonte significativa de despesas financeiras.
  2. Conheça os benefícios da quitação de dívidas: Ao quitar as dívidas pendentes, o cliente elimina o peso dos juros e reduz sua carga financeira. Isso libera recursos que antes eram destinados ao pagamento de juros e possibilita que ele foque em outras metas financeiras, como investir para o futuro.
  3. Considere o perfil do investidor: Caso o cliente tenha um perfil mais conservador e prefira segurança financeira, a quitação de dívidas pode ser a opção mais adequada. Por outro lado, se ele possui um perfil mais arrojado e está disposto a correr riscos em busca de retornos maiores, pode ser interessante considerar o investimento do crédito contemplado.
  4. Observe as condições dos investimentos: Analise cuidadosamente as opções de investimento disponíveis. Verifique as taxas de retorno, os prazos e os riscos associados a cada alternativa. Lembre-se de que investimentos envolvem riscos, e é importante estar bem informado sobre as possibilidades antes de tomar uma decisão.
  5. Planejamento financeiro: O planejamento financeiro é fundamental nesse processo. Avalie suas metas financeiras de curto, médio e longo prazo. Considere como a quitação de dívidas ou o investimento do crédito contemplado se alinham aos seus objetivos financeiros.
  6. Consulte um especialista: Se necessário, procure o auxílio de um consultor financeiro ou um profissional especializado em investimentos. Eles podem fornecer orientações personalizadas com base na sua situação financeira específica, auxiliando na tomada de decisão mais adequada para o seu caso.

Em resumo, a decisão entre quitar dívidas ou investir o crédito contemplado depende das necessidades e objetivos financeiros do cliente. É essencial ponderar cuidadosamente as opções disponíveis, considerar os riscos e benefícios de cada alternativa e, se necessário, buscar orientação profissional para tomar a melhor decisão para o seu futuro financeiro.

A contemplação pode ser cancelada?

Sim. No caso do consorciado contemplado não cumprir as obrigações o pagamento das parcelas restantes, a contemplação será cancelada.

Se isso acontecer, o consorciado pode receber os valores pagos. Mas, de acordo com as regras do Banco Central, só receberá esse montante após a contemplação como cota já cancelada.

Se você tem algum consórcio em andamento, continue firme e confiante, pois o momento da contemplação pode estar mais próximo do que você imagina!

Como a Consorciocred pode me ajudar?

Então, para deixar claro, a ConsorcioCred é uma empresa especializada na compra de cotas de consórcios de pessoas que desejam vender suas cotas contempladas, não contempladas, canceladas ou com parcelas em atraso. Nós ajudamos nossos clientes a obterem o melhor valor pela sua cota de consórcio, proporcionando uma avaliação segura e transparente.

Se você possui uma cota de consórcio e deseja vender, a ConsorcioCred é a escolha ideal. Com mais de 20 anos de experiência e milhares de clientes atendidos, nossa empresa é reconhecida por sua satisfação e confiabilidade.

Nossa equipe está preparada para oferecer uma avaliação precisa e justa da sua cota, seja ela contemplada ou não, proporcionando uma negociação segura e tranquila para você. Vender uma cota de consórcio pode ser a solução perfeita para ajustar seus planos financeiros ou realizar novos projetos.

Entre em contato conosco para obter uma avaliação gratuita da sua cota de consórcio e descubra como a ConsorcioCred pode ajudá-lo a realizar seus sonhos de forma rápida e segura.

Postagens relacionadas

Como vender a Carta de Crédito Contemplada?
11 Jun 24
Como Vender a Carta de Crédito Contemplada: Passo a passo

Você pensa em fazer um consórcio ou já tem um? Então temos uma ótima notícia para você. Sabia que você pode transformar o seu consórcio em um excelente investimento, um dos mais lucrativos que existe? Simplesmente com a venda da carta contemplada. É o seguinte, em vez de você utilizar o crédito quando você for contemplado, você vende essa carta  que já está contemplada para outra pessoa assumir, coloca um baita dinheiro na sua conta e ainda ajuda alguém que não tem tempo suficiente para partici

11 Jun 24
Como calcular o preço de venda do seu consórcio?

A Consorciocred, empresa especializada na compra de consórcio em todo do Brasil das diversas Administradoras, é especialistas na compra de consórcios cancelados, contemplados ou não contemplados, comprando até mesmo cotas em atraso. Aqui na ConsorcioCred você pode vender seu consórcio de forma segura e prática, recebendo o valor acordado em pouquíssimo tempo, se livrando daquelas parcelas restantes e consequentemente podendo seguir em frente para realizar novos planos e desafios. Mas, independ

10 Dicas essenciais para ter sucesso na venda do seu consórcio
11 Jun 24
10 dicas para vender sua cota de consórcio em 2024

Quem adquire uma cota de consórcio aspira realizar um sonho, concretizar um projeto de vida, quer investir para garantir no futuro uma aposentadoria mais tranquila e confortável ou ainda formar um patrimônio sólido e crescente. Porém, às vezes, por dificuldades financeiras ou para suprir alguma necessidade inesperada, no meio do caminho os planos mudam e é preciso vender o consórcio. Se por algum motivo você teve um imprevisto e quer vender sua cota de consórcio ou simplesmente mudou de planos